Intercâmbio Corporativo

Intercâmbio Corporativo

Confira o que o Geraldo da Tecsis nos contou de sua participação:

– O que vocês acharam da proposta da APRH em realizar o intercâmbio corporativo?

A proposta foi perfeita, o Intercâmbio Corporativo é uma excelente oportunidade de conhecer novas práticas e compartilharmos experiências.

– Como foi realizar as visitas do intercâmbio?

A visita foi sensacional, fomos recebidos de forma espetacular pelo time da Flex, que além de demonstrar muita competência e experiência na área de Recursos Humanos, demonstraram ainda uma incrível habilidade e um profundo conhecimento com os negócios da companhia, algo muito raro no nosso meio.

inter

– Em que essa iniciativa contribui para vocês como profissionais e para as empresas nas quais trabalham? Que benefícios trará para o seu dia a dia?

Além de agregar novos conhecimentos esta iniciativa contribui na interação entre os profissionais da área de RH, na troca de experiências entre as empresas de Sorocaba e Região, no conhecimento das melhores práticas de mercado, em oportunidade de novas parcerias e negócios, isso tudo sem precisar sair da região.

– Qual ponto da visita mais te chamou a atenção?

Conhecer a capacidade da Flex em atender diversos clientes em diferentes segmentos, e ainda conhecer o FIT – Instituto de Tecnologia, que hoje é considerado um dos mais completos institutos de pesquisa e desenvolvimento do país, isso tudo, do outro lado da rodovia por onde passo todos os dias.

– Como empresas de ramo tão diverso podem trocar experiência profissional?

Somos empresas vizinhas, ocupamos quase que o mesmo espaço físico, a única barreira para uma aproximação e uma interação eficiente são os alambrados e a nossa correria do dia a dia, fora essas dificuldades os diferentes segmentos não são obstáculos para a troca de experiências, muito pelo contrário, diferentes segmentos só contribui em novos aprendizados, novas práticas, novos conceitos e diferentes culturas.

– Vocês recomendariam essa prática de troca de conhecimento através das visitas as empresas para outros profissionais? Por quê?

Existe uma necessidade de interagir com os outros profissionais e com outras empresas, mas muitas vezes não ficamos à vontade para essa pratica, por achar que iremos atrapalhar, ou que não seremos bem vistos, mas a troca de experiência pode ser feita de forma sadia, promovendo conhecimento e sem impactar o dia a dia da empresa que nos recebe.

– Algum comentário/informação?

O grande aprendizado que tivemos na Flex foi que a capacidade de criar oportunidades mudando a posição na cadeia de negócios (manufatura para desenvolvedor de soluções) é algo necessário para perpetuar a companhia e agregar valor a medida que demonstra para o mercado uma capacidade até então não explorada. A partir deste momento a empresa passa a ser vista com outros olhos.

Share

Foto de perfil de Aprh News

Realiza a moderação do Portal APRH Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *